terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Perguntas e respostas!

Oi gente!! Primeiro eu quero agradecer a todos que de longe ou de perto me deram todo o apoio e carinho impagáveis!!! Obrigada mesmo... sem vcs eu naõ teria suportado tudo!!
Ainda não estou recuperada totalmente, mas acho que nunca estarei... sei que o tempo vai me ajudar a pelo menos "recosturar" tudo que foi rasgado aqui dentro.
Me pergunto muitas coisas que não tem resposta, e talvez nunca tenha.
Passei pela pior coisa que poderia me acontecer, e sobrevivi. Pelo menos isso prova que de uma forma ou de outra eu sou forte... forte pra suportar oq vier agora. se sobrevivi a isso sobrevivo a qualquer coisa!
As vezes bate aquele clima ruim, mas sempre digo que eu não tenho vocação pra depressão. Não tenho vocação pra lamentações, acho que isso só piora uma situação que já não é confortável pra ninguém.
Rogo a Deus a todo instante que eu realmente sobreviva a todo esse turbilhão, e que ele um dia passe, ou pelo menos amenize.
Volto pra casa no sábado e já estou louca em pensar no momento em que eu vou entrar em casa sem um bebe nos braços, não sei como vai ser... não sei se vou sobreviver!
não consegui fotografar as coisinhas que fiz pra ele, alias nem mais consegui olhar... mas pedi pra minha mãe guardar tudo... não consegui ainda reorganizar o meu futuro, os meus planos... foi passada uma borracha e eu preciso reescreve-lo, mas não consigo pensar nisso agora, estou vivendo um dia após o outro, tentando sobreviver um dia de cada vez!
Obrigada mais uma vez a todos por tudo, vi nisso tudo a família e amigos maravulhosos que eu tenho! Obrigada de verdade, é só oq eu posso dizer!!
Cheiro

21 comentários:

Fernanda de Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda de Oliveira disse...

Minha querida amiga, não sei nem o que dizer... sinto aqui sua dor, pois em janeiro do ano passado passei pela mesma situação que vc, só que foi aos 6 meses de gestação.

Fui fazer um ultrassom de rotina e tb para saber o sexo do bebê e descobrimos que minha bebê já estava morta há uns dias e tive que fazer uma cesariana de emergência para retirar o feto morto. Fiz a cesariana no dia 24/01/2009.

Nada nem ninguém consegue diminuir ou suavizar a dor que a gente sente... somente quem já passou por isso pode imaginar o que vc está sentindo neste momento...

Já fiz um post sobre isso, mas basicamente fiquei de mal do mundo e de Deus, não conseguia parar de chorar, não conseguia me conformar com o que tinha acontecido e fiquei um bom tempo num marasmo total, sem sair da cama e sem vontade de fazer NADA...

Um belo dia resolvi ter uma "conversa" séria com Deus e a partir daí comecei a olhar as coisas e os acontecimentos com outros olhos, por um prisma difeente.

Relembrei que NADA nesta vida acontece sem que seja da vontade de Deus e sem que tenha um propósito JUSTO e CERTO para isso. "Não cai uma folha da árvore sem que Ele tenha conhecimento".

Aprendi a crer e confiar Nele e deixar minha vida em Suas mãos...

Hoje, um ano depois, não posso dizer que estou 100% recuperada do trauma, pois quando leio ou fico sabendo de algo parecido, sinto uma dor enorme dentro de mim, mas posso dizer que estou bem melhor e até já me preparo para uma nova gravidez...

Um conselho de uma amiga
que te ama e que já passou por isso: chore, lave a alma e deixe que o tempo se encarregue de amenizar pelo menos um pouco essa dor sem fim... depois volte à vida e tente novamente.

No começo é difícil, mas a ajuda de amigos é fundamental e, claro, da família também, principalmente do maridão. Converse bastante com ele e desabafe, vc vai se sentir melhor.

Se precisar de alguma coisa, de qualquer coisa, nem que seja trocar algumas palavras, pode me procurar:

e-mail: fefe_oliveira555@yahoo.com.br
MSN: bibielli.bibielli@hotmail.com

Estarei aqui orando MUITO por vc e mandando energias positivas para que vc venha a se sentir melhor e mais confortada.

Fique com Deus minha querida.

={

Veronica Kraemer disse...

Annalu eu não te conheço mas cheguei aqui através do blog da Fê, me emocionei muito com tudo que lhe aconteceu.
Só passei pra te dizer que rezo muito por ti e por tua família, para que fiquem bem, e que a luz esteja com vocês, trazendo-lhes paz e amor.
espero de coração que você melhore um pouquinho a cada dia, que recomece, que acredite, pois cada um tem sua missão nesta terra.
me desculpe te escrever sem te conhecer.
Um beijo
Vero

coisas da sol disse...

OLÁ QUERIDA, NÃO CONHECIA SEU BLOG E VI O POST DA FERNANDA E LI SOBRE SUA DOR. DIZER ALGO NESTE MOMENTO É MTO DIFICIL, MAS ACREDITO Q O MOMENTO AGORA É SEU E VC DEVE VIVER O SEU LUTO. O ELO ENTRE VCS É INIGUALAVEL E INCOMPARAVEL. MAS ME LEMBEI DE UMA PALESTRA Q VI DO PE. FABIO DE MELLO PELA CANÇÃO NOVA. A HISTORIA SE PASSOU MAIS OU MENOS ASSIM:
"FAMILIA REUNIDA, AS MULHERES NA COZINHA E AS CRIANÇAS NA GARAGEM, DEREPENTE UM BARULHO ENORME E TODOS CORREM PRA VER E CONSTATARAM UM CAMINHÃO QUE PERDEU O CONTROLE E INVADIU A GARAGEM ONDE ESTAVAM AS CRIANÇAS E UMA ÚNICA CRIANÇA FOI ATINGIDA E VEIO A FALECER. A MÃE DESSA MENINA PASSOU UNS 2O ANOS SE PERGUNTANDO: -PQ COMIGO? TINHAM OUTRAS CRIANÇAS LÁ E PQ DEUS LEVOU JUSTO A MINHA? PQ EU TINHA QUE FICAR SEM MINHA FILHA? PQ? PQ? E PASSOU A VIDA SE PERGUNTANDO O PORQUE????
ENTÃO O TEMPO PASSOU E ELA SE ESQUECEU DOS OUTROS FILHOS, DO MARIDO, DA CASA ENFIM DA VIDA. ELA PASSOU UNS 20 ANOS DE LUTO E NÃO AMOU MAIS. QDO ACORDOU O TEMPO TINHA PASSADO E ELA SE TRANSFORMADO PELO LUTO Q ELA DEIXOU TOMAR CONTA DE SUA VIDA."

ENTÃO QUERIDA, NÃO SEI PQ ME LEMBREI DISSO AGORA, MAS VC DEVE VIVER SEU LUTO SIM, MAS SAIBA DOSAR E LUTE PARA NÃO DEIXAR ELE PREVALECER EM SUA VIDA.
ME DESCULPE ALGUMA COISA, MAS FOI O Q SENTI NO CORAÇÃO. FIQUE NA PAZ DO SENHOR QUE DEUS CONFORTE SEU CORAÇÃO E SUA FAMILIA E UMA COISA Q SEMPRE LEMBRO É O SEGUINTE:
"TUDO POSSO NAQUELE Q ME FORTALEÇE..."
PENSE NISSO. BEIJO EM SEU CORAÇÃO.

Priscila Zanutti disse...

Passei no blog da Fernanda e li sobre vc...Aí resolvi te fazer uma visitinha para dizer que para mim o mais difícil na vida é levantar após perder alguém, há quase 3 anos eu perdi minha mãe e foi uma dor inenarráve. Tinha dias q eu não tinha forças para levantar nem a cabeça do travesseiro, mas agora que o olho do furacão passou, a dor está suportável, a saudade enorme, mas meu coração se acalmou um pouco. Sua dor é terríve, mas vai diminuir, Deus está contigo, nossas orações também e o conforto e a força virão para acalmar seu coração e te dar paz e resiliência. (foi um termo que meu psiquiatra me ensinou na época, me fez rir horas tentando descobrir o significado me achando uma anta)
Bjs e muita luz na sua vida.

Maria... disse...

Nesses momentos em que uma montanha de gelo desaba sobre nós, não temos muito a dizer.... Questionamos muitas coisas e até a Fé, mas aprendi por uma grande perda que Deus sabe o que faz e quem somos nós para questionarmos suas decisões. A dor é imensa e fica a saudades, porém muitas vezes passamos por tais situações, para que possamos nos foratlecer no mais duro modo. Ana.... estarei orando por vc e saiba que mais um anjo voou para Deus e cumpriu sua missão de ter sido gerado por vc e não a conheceu, mas o tempo em que esteve ligado a você, te amou muito.
bj Fique com Deus e não chore, ore para que Deus lhe dê as devidas forças para continuar e como espiritualista lhe digo...nada acontece por acaso, tudo está escrito em nossa vida, bem antes de nascermos.
bj e fique com Deus.

Ozenilda Amorim disse...

Ei menininha, não faça perguntas, pois não é hora para isso, porque e para que não vão vão mudar nada e nem amenizar a situÃção. Acredite em Deus, dê razão a Ele e descanse no amor infinito dele e espere, pois para tudo existe um equilíbrio.
É claro que uma experiência como essa muda uma pessoa e talvez até radicalmente, mas não perca a doçura, não dê lugar à amargura em sua alma. Celebre cada dia a vida do seu bebe em você e viva esse luto em sua plenitude porém sem permitir que ele se perpetue mais do que o necessário.
Não sei se você tem outros filhos, mas quem está ao seu redor é apoio para ajudá-la a viver e passar por esse momento ruim.

Deus não permite que nem um fio do nosso cabelo caia sem que ele veja.

Um beijo grande com todo o meu carinho.

Ozenilda.

Fulvia disse...

Oi querida!

Passei por aqui por acaso e li sua história! Aconteceu a mesma coisa na semana passada com uma pessoa próxima a mim. E sinto muito por isso! Mas deixo aqui minha admiração! Força! E fé! É o que nos resta! Tenha força para superar, por você e pela sua família!

Beijos!

FLAVIA disse...

Oi Annalu,

É até dficil escrever pq essador é sua e sei que no seu íntimo ela é forte a ponto de achar que não vai suportar. Nessas horas como disse a Fe só as orações podem ajudar e é o que farei por vc.
Se apegue a Deus pq é o melhor que vc tem a fazer, por mis que não entenda e busque resposta dos porques saiba que Deus tem um porposito para toda situação e Ele está no controle, pode ser que vc só vá saber quando chegar lá no céu, mas acredite que "Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que Amam a Deus", você Ama a Deus? Tenho certeza que sim, então creia de alguma forma essa situação vai cooperar para sue bem.
Outro versículo que gostaria de deixar pra vc meditar está na bíblia em I Corintios 10:13 "Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar."

Bjs no coração! Deus te abençoe!

disse...

amiga, olha estou com o coraçao moído. Estarei orando por vcs.

Não preciso dizer nada, nossa amiga Fê disse sábias palavras!
Deus vos abençoe.

Pam Salzgeber disse...

OI Ana, vim aqui te conhecer pela Fê, li sua história.
Nessas horas nem tem oq se falar, sou mãe tbm, de dois, e só a ideia de não te-los me faz chorar.

Espero que essa dor sua passe um dia, e pelo oq vi vc é muito forte, e tem que ser, pois vc ainda tem dois serzinhos, que dependem completamente de vc.

Deus continue te consolando e te fazendo cada vez mais forte.

Um grande beijo e um abraço bem apertado.

Eliane disse...

Oi vim te abraçar e chorar contigo,o tempo vai passar a dor vai diminuir, a lembrança não vai embora, mas se torna algo suportavel, eu sei disso. durante 10 anos achei que não teria filhos, já estava conformada quando me descobri gravida mas infelizmente com nove semanas meu sonho se foi, dia 24 de fevereiro meu prazo acabaria. juntei meus pedaço e segui enfrente e vc vai conseguir tambem muitos beijos da Eliane.

Viviane disse...

Oi Anna,
momentos como esse são difíceis, doem na alma. São muitas perguntas que surgem sem resposta, mas saiba que Deus te ama e vai te dar forças para passar por este momento, muitos estão da sua maneira orando por você.
Saiba que em qualquer momento pode contar com a gente, desabafa, chore, que estaremos aqui para ler e dividir com você esse fardo que sei deve estar pesando bastante agora, e assim, ele vai ficar bem mais leve.

Fica com Deus!

Beijos!!!

Aroma e Artesanatos - By Simone disse...

Annalu,
ao visitar o blog da Fernanda vi a triste notícia. Passei por isso há 12 anos atrás. Hoje tenho 2 filhos um de 17 e outro de 21, e eu tenho 38 anos. Mas, tive a tão sonhada menina que nasceu de parto de cesárea vivendo apenas 5 dias e veio a falecer. Ainda não sei o porque e nem quis saber, prefiro pensar que Deus escreveu assim, que ela apenas veio por algum motivo que só o Senhor Jesus sabe.
Que Deus te conforte amiga, seje forte e agarre nele.
"O Senhor te abençoe e te guarde,
o Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti
e tenha misericórdia de ti,
o Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz."
Fique com Deus!

bjbj
Simone.

analu disse...

Annalu! vim te visitar através da querida Fernanda, menina muita força para teu coração, por alguma razão foi necessário passares por esta dor, nada que digamos diminuira a dor profunda que deves estar sentindo. Luz na tua vida e o tempo diminuira essa dor. Muita fé e certeza de dias com muita paz e sorrisos. com carinho Analú

Nana disse...

Amiga, as coisas vão se ajeitando e a vida voltando ao normal :)
Eu te adoro e animo, lembra que tem um trabalho a ser feito e conquistas a serem ganhas
bjsss

Jonas disse...

Minha querida, digo isso com amor de uma mãe q viu sua filha passar pelo q vc passou.
Como avó, sofri duplamente por mim e por minha filha q desejada tanto sua filhinha.
Já se passaram 06 anos (muito tempo), mais parece q foi ontem, tenha fé em Deus e procure fazer o q seu coração mandar, pore´m lembre de crianças q não tem nada pra vestir e muitas creches precisando de ajuda.
Eu e minha filha doamos as coisa de Rebeca e sei q fizemos algumas crianças felizes.
Fique com Deus e seja feliz mesmo com essa dor q será dificil de apagar.
Abraços
Iara

Veronica Kraemer disse...

Anna, a cada dia que passa acredito mais que nada é por acaso. Não consigo entender por que algumas coisas ruíns acontecem a pessoas boas, mas tenho fé, como você, e acredito em algo muito maior . Somente com a fé conseguimos suportar muitos momentos tristes.
Espero de coração que você esteja melhor!!!
Beijão
Vero

Priscila Zanutti disse...

Obrigada pela visita e pelo conforto em um momento que pra mim também está sendo muito difícil. Vc mesmo com seus problemas ainda encontrou ânimo para confortar alguém. Ganhou uma amiga nova! Vamos continuar rezando e pedindo forças. Vc não sai de minhas orações e minha avó tb não> Ah! O estado dela é grave, mas estável. Tenho fé!

Nana disse...

Oi amiga, estou com saudades de vc também, espero que esteja melhor, acabei confirmando a sua participação no sorteio, espero que esteja em pé aquela proposta.
Me dá noticias viu.
bjss

Alliny Sena disse...

amiga, sei que estou em falta com vc, mas me perdoe, é que as coisas nao estao faceis por aki tbm.
sabe que te amo, e sei que Deus vai te dar forças pra enfrentar tudo isso. nao se esqueça q apesar de longe pode contar comigo pro que for, sempre... TE AMO MUITO!!!